Pen pals

Quem não conhece a Helô Lupinacci tem que conhecer. E, tipo assim, AGORA. Ela tem o blog mais legal, o Caracteres com Espaço, e agora é minha pen pal, manja? Quando eu era criança, numa época pré-internet, era comum que as pessoas escrevessem pra amiguinhos da sua idade de outros países do mundo. E essa correspondência era trocada pelos pen pals, chapas de caneta, na minha tradução mais livre.

Hoje é pela internet mesmo, com o computador, mas acho que ainda assim considero a Helo minha chapa de caneta. E, como ela explicou essa troca de correspondência tão bem, vou colar aqui o que foi publicado hoje no Caracteres com Espaço.

 

O blog do IMS está promovendo uma troca de correspondências (eles já fizeram várias, sugiro a leitura de todas, a minha favorita até agora é a do Aldir Blanc com o Dapieve, só por causa dessa carta aqui) entre o meu querido amigo Chico Mattoso e o amigo dele João Paulo Cuenca, que eu só conheço de vista.

Quando vi essa correspondência, fiquei com faniquito. É que me acho chique e digna de trocar cartas naquela que é a plataforma mais elegante da internet, nessa espécie de fumoir da rede (aquela sala chique das casas mais chiques em que os homens chiques, depois de jantares chiques, fumavam e discutiam os assuntos relevantes – e chiques). Mas a verdade é que eu e a linda Belle, que é mulher do Chico e autora do incrível Isabelle Époque, estamos é na cozinha mesmo, onde também estão, e com muito orgulho, nossos blogs totalmente dedicados a assuntos irrevelantes, de novo com muito orgulho.

Pois bem. Decidimos inaugurar uma troca de correspondência aí mesmo, entre a pia e o fogão, enquanto os caras ficam lá tirando o pigarro da garganta (veja bem, eu adoro o blog do IMS e toda essa aparente birra é inveja pura de não ter sido eu chamada para trocar correspondências lacradas com meu sinete cheio de iniciais rebordadas. Só eu tenho cinco iniciais, a Belle tem três, mas o nome dela soa até mais aristocrático do que o meu).

Essa linda troca de cartas paralela (off-Fumoir, que tudo que é off e paralelo sempre é mais hype) acontecerá neste Caracteres com Espaço e naquele Isabelle Époque. Toma essa, IMS.

No final, pode ser que eu e a Helô tenhamos um material assim a ser usado em nossas memórias

Esta entrada foi publicada em fevereiro 23, 2012 às 1:04 pm e está arquivada sob Ai esse comportamento!, Neurose, Vida na América. Guarde o link permanente. Seguir quaisquer comentários aqui com o feed RSS para este post.

4 opiniões sobre “Pen pals

  1. Pingback: A revolução da salsinha « Is a Belle Époque

  2. Pingback: Comer, Beber, Viver « Is a Belle Époque

  3. Pingback: Você, eu e todas as jornalistas « Is a Belle Époque

  4. Pingback: Pra dentro « Is a Belle Époque

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: