A irmã gringa da Dercy

Pra mim, a Etta James era uma irmã americana da Dercy Gonçalves. Viveu bem menos, mas acho que dá pra dizer isso só em número de anos, né? Porque pense numa bichinha que aprontou!

Eu digo que ela era Dercy pelo que vi ao vivo em 2009. Era uma senhora de 70 anos, meio alquebradinha, fazendo show em uma casa totalmente caça níquel de Nova York. Tudo apontava para catástrofe: era na região da 42, pega turista total. O lugar estava completamente lotado de gente estranha e a banda de abertura, que tocava quando eu entrei, era um misto de Led Zeppelin e Elba Ramalho, sendo muito, muito hippie. Fui tomada por um constrangimento e, de repente, senti que estava encolhendo, encolhendo, encolhendo até que…

Ela entrou. Aquela mulherzinha pequena. Chegou  aparada pelos músicos da banda de apoio e sentou num banquinho alto, desses de bar. Abriu a boca pra dar um Oi e, ai-meu-Deus-que-voz! Fez várias piadas de sacanagem e disse que ia cantar uma música sexy chamada “Sugar on the floor”. No meio da performance, passava a mão no peito e entre as pernas e dizia “Come to mama!”. O público delirou e ela de repente tinha todo mundo na palma da mão  e, em se tratando dela, onde quer mais que ela desejasse.

Naquele show, aos 70, depois de tantas aventuras, por assim dizer, e apesar de tanta “energia”, parecia ter muito mais idade. Era realmente uma Dercy. Uma vovó meio tarada, do barulho!

A platéia delirou. Ela fez muitos biz – era incrível que aquele corpo ainda tivesse aquela energia come-to-mama. E eu saí de lá feliz da vida, com a minha sensação de momento histórico, de ter visto algo muito especial e importante pro mundo.

* * *

Recebi agora por email um alerta sobre a morte dela e fiquei bem tristinha. Mas, por um lado, feliz por saber que ela existiu. E deixou muita coisa pra gente ouvir.

Aqui vai uma performance”Sugar on the floor”

E um pouco da Etta dos anos 60, quando ela era a Beyoncé de Cadilac Records

Esta entrada foi publicada em janeiro 20, 2012 às 12:08 pm e está arquivada sob Estados Unidos, História, Música. Guarde o link permanente. Seguir quaisquer comentários aqui com o feed RSS para este post.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: