O passado

Na fila do caixa da loja:

“Qual o seu e-mail?”,  pergunta a atendente.

“Na verdade, é meio constrangedor, mas eu não tenho um.”

Trinta minutos depois, no ônibus, um homem do meu lado curte loucamente o som de seu … discman.

A sensação foi totalmente 1996.

Esta entrada foi publicada em setembro 17, 2011 às 11:05 am e está arquivada sob Vida na América. Guarde o link permanente. Seguir quaisquer comentários aqui com o feed RSS para este post.

Uma opinião sobre “O passado

  1. Arnaldo em disse:

    O discman eu até entendo, afinal, hoje em dia os fones de ouvido estão infinitamente maiores que os aparelhinhos de MP3. Viontage total! Mas nego não ter email, só sendo de alguma seita fundamentalista do Sétida Dia🙂

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: